segunda-feira, 1 de novembro de 2010

27

Após chegarem ao hospital, Vanessa foi atendida imediatamente, talvez por ser uma figura famosa, mas não pela gravidade do problema, não que não fosse grave, mas também o hospital era particular é lógico que Vanessa era privilegiada ali, e naquela hora era bom ser privilegiada. Ela estava inconsciente, não parecia ser só uma tontura e um pé torcido, não era algo a mais, Vanessa estava irreconhecível, magra e pálida uma aparência de se estranhar quando vem de Vanessa Hudgens. Levaram-na para o consultório de seu médico particular e lá o Doutor Richard começou a examiná-la, ele fazia muitas perguntas para Zac em relação de como ela havia passado nos últimos dias.
− mas como não comeu nada?
− foi o que me falaram doutor. – o Doutor estranhou tudo aquilo vindo de Vanessa.
− estranho a senhorita Hudgens sempre foi de cuidar muito bem da saúde, sempre se alimentava adequadamente.
− Pois é não a trouxe aqui antes porque ela mesma não queria.
− mas em uma situação dessas já deveria ter trazido-a aqui não importa o que ela queria.
− desculpa falha minha. – se explicou Zac.
Vanessa aos poucos voltava ao seu normal, deitada em uma maca com lençóis brancos ela tentava abrir seus olhos, mas suas pálpebras ainda estavam pesadas, abriam e fechavam sem parar só depois de um tempo ela conseguiu abrir os olhos mas sua vista estava um pouco embaçada ainda.
− ah a princesa esta acordando? – disse Zac pegando em sua mão.
− moçinha, precisamos conversar... – brincou o doutor Richard.
− ai que dor... – Vanessa gemia de dor ainda mas não era algo tão forte.
− onde dói? – O doutor apalpava seu peito levemente com um instrumento de ouvir o coração da pessoa.
− a cabeça e o pé.
− o pé é pelo tombo agora a cabeça... É de se estranhar muito. – depois de uma pausa na fala disse – nunca vi alguém ter dor de cabeça a cada três horas.
− e sono doutor – disse Zac – ela dorme demais!
− tomou algum remédio sem autorização médica? – perguntou o doutor. Zac e Vanessa se olharam preocupados.
− é... – disse Zac, Vanessa não queria falar nada, mas Zac não podia ver ela daquele jeito então deveria falar tudo. Era melhor.
− a empregada da casa dela estava dando alguns remédios para ela em relação essa dor de cabeça.
− precisamos fazer alguns exames...
− e eu posso ir embora daí? – perguntou ela na esperança dele dizer sim.
− está muito enganada.
− o que? – queria que fosse mentira.
− vai ficar aqui, temos de ficar de olho em você...
− Doutor... – chamou Zac para que conversassem num canto a sós então o doutor obedeceu. – é mesmo preciso?
− sim, até agora não parece ser nada preocupante mais tudo depende desses exames ela pode estar com alguma doença, um vírus ou algo assim. É preciso orientação médica.
− acho que não é pra tanto senhor...
− é sim senhor Efron, deixe a aqui.
− mas não é o caso de interná-la... – insistiu Zac até que o Doutor se alterou.
− Não me diga como fazer o meu trabalho! Se eu disse que ela tem que ficar ela vai ficar! – então o doutor saiu com a cara fechada.

Depois de uns 20 minutos levaram Vanessa para um quarto e se questionavam que aquilo não era preciso, Vanessa não estava tão mal a ponto de se internar ela só estava com o pé enfaixado e a dor de cabeça já estava passando.
− mas tenho coisas para fazer, Ricardo deve estar doido. – disse Vanessa inconformada.
− por um lado entendo o doutor ele esta preocupado com você assim como eu estou. – Vanessa se acomodou na cama ajeitando seu travesseiro.
− vou ficar aqui por muito tempo?
− não sei, mas é bom você achar algo pra fazer. – ele sorriu – não se preocupe ficarei ao teu lado aqui sempre.
− me traz um notebook ou uma televisão?
− é claro! Meu dever te animar minha deusa... – ele foi chegando perto dela e a beijou com ternura o que a deixava arrepiada.
Minutos depois Zac recebeu uma ligação, ele precisava cuidar da vida dele, tinha que voltar as gravações de seu filme, mas não queria deixar Vanessa sozinha.
− você tem que ir! Isso é o seu trabalho eu irei ficar bem. Estou bem. – encorajou Vanessa.
− mas...
− Zac isso é importante pra sua carreira, esse filme é importante pra sua carreira, não quero ver você perdendo uma chance dessas...
− Você é importante pra mim! – ele disse bem pausado a fazendo sorrir.
− vai lá... Mostra pro mundo quem você é. – sussurrou ela, então ele decidiu ir.
− é só uma semana... Eu pego o primeiro avião de Vancouver pra cá correndo assim que acabar as filmagens, e te ligarei todo o dia... Sempre estarei com você... – e ele saiu, antes de sair completamente sussurrou da porta – “Te levo comigo” – e foi.


(continua?)

Pessoal sobre o “Te levo comigo” achei que cairia bem ali naquela parte, e eu como sou uma grande fã da banda restart tive que por. Hehe... não sei se vocês gostam mais só coloquei na fic por que achei que daria certo com o momento... desculpem me. =)



######################
EDITANDO !!!!


Novamente sobre o "Te levo comigo" ...
Gente entendam que não tem nada haver com a banda é só uma frase que eu me lembrei na hora! Agora peço respeito com esse blog, comigo e com a banda! Se voce não gosta tudo bem, eu gosto.

11 comentários:

Liiηєє disse...

Amiga tá super lindooo!!
Amei o capitulo!
"Te levo comigo"
Super linda..
Combinou muito *---*

P.S: Posta logo...

Xoxo ♥

Mary disse...

*---* Brigada amor vc é demaiss.... eu imagino certinho o Zac dizendo "Te levo comigo" aiii q fofoooo *--* imaginação very very fértil kkkkkkkk...

nathylyly disse...

aaaaai q lindo amei
ficou otimo o "te levo comigo"
bjs e posta logo

Tiz disse...

O "te levo comigo" me lembro de uma banda ai sabe, uma que nem é muito digna de se chamar de banda, bom na minha opinião né?!
Se entendeu ! vamos ao capitulo, apesar dos pesares o "te levo comigo" até que ficou legal, *-*
Ai super romantico ele e ela, os cuidados, paarece que quando se ama, o amor fica mais forte quando o casal ou um dos dois acaba ficando doente ou tem algum problema, e é tão lindo de ver, ler !
Ta super demais a fic, parabéns amor.
Ta perfeito!
Poosta logo .
Beeijos de jabuticaba *--------*

Mary disse...

ahhh desculpa sobre o comentario da Tiz eu ia falar um monete de besteira já... mas é melhor num, num to afim de brigar com vcs amores... PEÇO RESPEITO! num gosta deles pelo menos respeita o blog akii pq na real num tem nada haver ficar discutindo aki sobre a banda que é SIM digna de ser chamada de banda sendo que a fic num tem nada haver com eles.
cada um tem a sua opinião e respeito a sua mas num fala bestera ok amor!?

bjs gente desculpa pelo momento tensoo agora é que num me dou assim... obrigada por tudo e espero que isso num atrapalhe a nossa amizade meninas...

Tainá disse...

Lindoo demais eu amei, NOSSA, imaginei o Zac dizendo ' te levo comigo' sinceramente o melhor pensamento que eu já tiveee *---*
beleza eu sou obcecada por ele, [A] mais quem não é ^^
eu jáa fui muito fã dessa modinha colorida, mais agora eu não sou muito, eu me identifico muito com essa música ' te levo comigo' muitooo lindaa essa música, eu chorei na primeira vez que eu escutei ela ):
postaa logoo Mary, estou super ansiosa para o próximoo capitulo(:
beijos'

Mary disse...

Obrigada Tainá... Sabe num to com tempo pa escrever mas queria postar logo... hehe... bjs...

Vanessa disse...

Best, está Lindoo o cap!!!
Cada dia mais a história vai ganhando um rumo ao fim(momento tristeza)=(
mas vc tá fazendo um belo trabalho e batalhou mt nessa fic,em relação a se dedicar e arrumar tempo para nós, suas eternas fãs =D,pois mt vezes não tinha condições....
Em relação ao te levo comigo como te disse eu amei...O que uma banda é,o estilo dela não importa...e sim o que suas musicas oferecem como conteúdo ao público...e Te Levo Comigo...realmente é íncrível ao meu ver!
Parabéns minha eterna Best Friend!
Te Amo!

Vanessa disse...

C

A

P

Í

T

U

L

O



p

E

R

F

E

I

T

O

O

O





Tiz disse...

não atrapalha não, respeto sim, poxa é seu blog e reconheço que exagerei, bom cada um tem seu gosto e se colocou na history você curti, então peço desculpas, não é por isso que vou paarar de comentar, nem pense, uma coisa é a história outra bem diferente são o que nós achamos e as nossas opiniões sobre qualquer coisa, desde de cor prefirida à bandas de rock.
Prometo que vou pegar mais leve, disculpa se te ofendi, mas só falei o que eu acho, bom a dona da casa é você e te respeito por isso !
Amo suas fics e desde que te descubri como autora smepre acompanho as histórias que vc cria e não vou para de admirar o seu talento por uma bobeira dessas, não vou falar que gostei do "puxão de orelha" porque não gostei, mas todas aqui somos unidas por algo em comum, o nosso amor por Zanessa.
Respeito o seu gosto e o seu blog e mais uma vez desculpa !
E só pra constar, eu estou anciosa pelo próximo capiulo !
Beeijos e até a próxima mary.
sem recentimentos ok, eu já pedi desculpas e só expus minha opinião no lugar errado né? Sei que não somos tão amigas assim, mas espero que isso não atrapalhe o processo pra nos tornamos certo?! ;)
Beeijos mais uma vez. *-*

Mary disse...

OOwnnn Vanessa se é demaiss hein amiga!!!

e Tiz... tudo bem, adimiro essa compreensão em você e tambem acho que não precisamos ficar fazendo tempestade em copo de agua por causa disso. Pode ter certeza de que isso não vai atrapalhar em nada para nos tornarmos grandes amigas... =) e obrigada por ser minha seguidora =) tambem peço desculpas pq sei que me exalto em situações assim não importa quem eu estava defendendo... sem recentimentos! BJINHOS...